14 fevereiro, 2020

Saiba mais sobre o que é comunicação visual

A comunicação tem como objetivo proporcionar interações e o intercâmbio de informações entre duas ou mais pessoas. Esse é um processo primário e intuitivo despertado desde o primeiro ano de vida – ou até antes. Hoje, há distintas formas de se comunicar. E, no mercado corporativo, uma se destaca pelo impacto que causa: a comunicação visual. 

Mas, afinal, o que é a comunicação visual?

Propagandas em pontos de ônibus, em estações de metrô, em letreiros, em outdoor, bem como em muitos outros locais do cotidiano de um cidadão demonstram a força e importância da comunicação visual. Sim! As imagens são capazes de transmitir uma mensagem e cumprem seu papel de chegar ao público-alvo, seja ele qual for.

Esse tipo de comunicação vai além das propagandas e do marketing. Por exemplo: ao chegar em um estabelecimento e notar que há uma placa com o símbolo de um cigarro dentro de um círculo e um traço em posição diagonal, logo entenderá que, naquele local, fumar é proibido. A imagem não verbal cumpriu sua missão e lhe passou uma mensagem.

A praticidade em transmitir uma informação por meio de uma comunicação visual é observada pelo mercado corporativo e atrai diversas empresas. Pois ganham notoriedade por terem uma imagem consolidada para com o público. Assim, alcançando o seu público-alvo, geram resultados positivos e fomento financeiro.

Fique neste artigo até o final e entenda tudo sobre a comunicação visual. Boa leitura!

O que é comunicação visual?

A comunicação visual é um meio que trabalha a utilização de elementos visuais, sejam ícones, fotos, vídeos, gráficos, desenhos, animações, entre outros. Em suma, é toda a transmissão e recepção de uma informação por meio da visão, usando, claro, a linguagem visual ou signos visuais.

É importante destacar que o que faz com que a devida mensagem seja transmitida é a forma como esses signos estão dispostos. O público, ao entrar em contato com a comunicação visual, faz uma análise multilateral sob suas perspectivas, a qual depende de questões pessoais, históricas, técnicas, ética, cultural e/ou crítica.

Portanto, ao veicular uma comunicação visual com o intuito de chegar ao máximo de pessoas, pense nas tendências, demandas e bases em comum que elas possuem. É neste momento que o marketing entra na história.

Comunicação visual e o marketing

A comunicação visual é considerada peça chave na hora de divulgar uma marca. É ela que conecta a empresa ao seu público-alvo. Isso pode ocorrer por meio de logotipos e do uso correto de materiais gráficos.

Além disso, é necessário entender que toda empresa deve ter uma dedicação especial à comunicação visual, incluindo a criação de uma área no empreendimento específica pra isso, com profissionais que se dediquem ao setor. Acredite: algumas marcas aumentaram seu lucro apenas mudando sua comunicação visual.

Quer entender na prática como isso funciona? Pense na comunicação visual da Coca-Cola, por exemplo. Se, por acaso, qualquer outra palavra fosse escrita usando a mesma tipografia e cor da marca, sua mente automaticamente lhe remeteria à Coca-Cola. Pois você, como consumidor, entende que aquela é uma imagem que faz parte da marca.

Este é um exemplo de como a empresa desenvolveu uma boa imagem corporativa, utilizando formas e cores específicas. As cores, em especial, ganham uma análise própria,  através do estudo da psicologia das cores.

Para entender melhor, pense nas grandes empresas de fast food. McDonalds, Burger King e Habib’s têm uma cor em comum: o vermelho. Isso se faz presente pois, além de dar a sensação de fome, também coloca na cabeça do consumidor a impressão de algo rápido e urgente, reforçando a ideia do fast food.

Enquanto você aposta na comunicação visual, é importante não deixar de lado a qualidade dos seus produtos. Uma imagem atrativa com um produto que não agrada não gerará resultados otimistas. Pelo contrário. Isso pode deixar algo ruim registrado na mente do seu cliente. E esse não é o objetivo da sua empresa.

Como funciona a comunicação visual nos dias de hoje?

O modo como a comunicação visual trabalha pode até passar por algumas transformações à medida que o tempo passa. No entanto, algumas coisas não mudam, como a nossa mente. De acordo com o psicólogo Albert Mehrabian, a comunicação não-verbal representa 93% da efetividade do discurso, sendo 55% responsivo pelo campo visual.

Então, por que não aproveitar e usar isso a seu favor? Fique ciente de que o cliente está cada vez mais exigente e que uma identidade visual, por exemplo, pode ser o fator decisório entre o cliente apostar ou não em sua empresa.

Comunicação visual: longo alcance

Entender o que é a comunicação visual é o primeiro passo antes de pensar em estratégias para esse tipo de comunicação

Esse tipo de interação entre empresa e consumidor pode ir além do momento em que o consumidor busca um serviço ou produto. Às vezes, é necessário lembrá-lo de que ele precisa da sua empresa. E isso pode ser feito por meio do marketing Out Of Home (OOH) ou, no português claro, marketing fora de casa.

O marketing OOH nada mais é a que a publicidade feita na rua, atingindo pessoas fora de suas casas. É possível encontrar esse tipo de mídia em outdoors e painéis em pontos estratégicos, por exemplo, principalmente onde tem um grande fluxo de pessoas.

Aplicando esta estratégia, você apresentará a sua marca para o potencial cliente todos os dias que ele passar naquele determinado local. Dessa forma, quando ele precisar de algo relacionado aos seus produtos e/ou serviços, lembrará da sua empresa e, posteriormente, terá grandes chances dele entrar em contato e se tornar um consumidor.

Apostar nesse tipo de publicidade traz alguns benefícios. Dentre eles, está o custo-benefício. De acordo com a revista Forbes, o retorno para cada dólar investido em mídia OOH fica em torno de US$ 5,97 em receita.

Outro ponto vantajoso sobre esse tipo de publicidade é o poder de impacto. Muitas empresas sabem que essa presença da comunicação visual no cotidiano dos clientes dá aos consumidores a sensação de livre escolha e liberdade. E isso é o que eles querem: poder!

O amplo alcance proporcionado é outro benefício da mídia OOH, que visa, também, atender a algumas mudanças que ocorrem na sociedade. Dentre elas, estão o fluxo de migração para centro urbanos, maior presença no mercado de trabalho e o aumento contínuo da população. Portanto, milhões de pessoas podem circular pelos mesmos locais todos os dias.

Como trabalhar a comunicação visual?

O conceito e a importância da comunicação visual já foram abordados. Mas, e agora, o que fazer? Há algumas dicas de como trabalhar esse conceito e, claro, aumentar as suas vendas. Confira abaixo!

1 – Dedique uma área para a comunicação visual

Escolher um time para trabalhar a comunicação visual permite que você tenha ainda mais resultados

É muito importante criar um departamento em sua empresa dedicado à comunicação visual. Os profissionais serão responsáveis pela representação do negócio e seus valores utilizando este tipo de comunicação.

Esse tipo de exercício exige mais do que o conhecimento em desenhos e em ferramentas, como o Photoshop, por exemplo. Conte com colaboradores realmente qualificados em sua empresa, os quais saibam, de forma coerente e harmônica, construir a imagem do empreendimento. Por meio de cores e formas corretas, eles saberão como atingir o público-alvo positivamente.

2 – Crie o logotipo

A Coca-Cola é um ótimo exemplo de comunicação visual eficaz

A base para a comunicação visual de uma empresa é seu logotipo. É necessário que haja características exclusivas, seja cor, símbolos, tipografia, entre outros recursos, como é o caso da Coca-Cola, citada neste texto.

Ao desenvolver o seu logotipo, é necessário se atentar ao formato, levando em consideração dimensões da logo, buscando dar boa visibilidade à mesma. Mas não abuse! Simplicidade e clareza também devem estar presentes. Tome cuidado para não exagerar e tornar o visual poluído. Portanto, às vezes “o menos é mais”.

3 – Faça referência à sua empresa

A empresa de cafés conseguiu ótimos resultados investindo em comunicação visual

A comunicação visual é uma representação da sua empresa, e isso é algo que não deve sair da cabeça do empresário em momento algum. Apostar em escolhas inovadoras pode ser uma ótima ideia, mas não vá além do seu campo de conhecimento.

Além disso, pode ser uma boa alternativa se inspirar em outras marcas, buscando referências que podem ser positivas para o seu negócio. No entanto, cuidado com o plágio. A inspiração deve ser usada para algo inédito.

Também utilize símbolos e signos visuais que façam referência à sua empresa e aos produtos que oferece. Por exemplo: se você atua com o ramo pet, procure trabalhar imagens que reforcem sua presença no mercado, não esquecendo, também, de levar em consideração a psicologia das cores, que impacta fortemente os consumidores.

4 – Trabalhe a comunicação visual constantemente

A constância é um dos pontos-chave da comunicação visual

Toda a concepção da sua marca já está pronta. Mas de nada adianta se não divulgá-la. Portanto, busque espalhar a imagem da sua empresa tanto no local do seu negócio quanto em peças publicitárias, tendo em mente, por exemplo, o exemplo do out of home e seu impacto.

Além disso, é ideal divulgar e reforçar a comunicação visual da empresa de forma constante e periódica. Por isso, tire um tempo para realizar um planejamento, estabelecendo, também, quais veículos de comunicação poderão ser usados e os valores a serem gastos.

Promoções e lançamentos também devem contar com a presença da comunicação visual. Por isso, a mantenha sempre atualizada, mas reforçando símbolos e recursos que ainda representem a sua empresa.

5 – Entenda o impacto

Saiba como sua comunicação visual irá impactar seu cliente.

Ao ter sua comunicação visual bem estabelecida e concluída, tente observar quais são os impactos causados por ela. É possível observar esta questão, por exemplo, ao disponibilizar aos clientes um questionário pedindo que avaliem, além do serviço, a identidade visual da empresa e a forma como esta se comunica visualmente com seus consumidores.

Esse tipo de avaliação também pode ser realizada pelas lojas físicas. Para isso, deixe um questionário no caixa, solicitando uma avaliação de banners, placas e informativos. Também garanta que a comunicação ajudará o consumidor a se orientar dentro do seu estabelecimento.

Pronto, com todos estes conceitos e estratégias em mãos, você poderá melhorar o branding e o marketing da sua empresa. 

Gostou das dicas? Entendeu tudo sobre o que é a comunicação visual? 

Aproveite e leia nossos outros artigos para ficar por dentro das novidades da mídia OOH! 

Deixe seu comentário:

Comentários

Veja Também

Como fazer um briefing perfeito para sua campanha

O briefing é uma etapa fundamental na hora de planejar as campanhas publicitárias de uma marca, mas você sabe como fazer um briefing e por quê ele é tão importante?  […]

2021 e o OOH: tendências de marketing para sua campanha

O mundo da comunicação é um dos que mais muda com o tempo. A cada alguns meses é possível identificar novas referências e tendências de marketing que vão surgindo e […]

Tipos de segmentação: seja assertivo em suas campanhas

Os tipos de segmentação são cada vez mais utilizados na publicidade para criar campanhas assertivas. Com o uso de dados geográficos, demográficos, comportamentais e até mesmo psicológicos, é possível entender […]