09 novembro, 2020

Marketing de proximidade e o hiperlocal

Com certeza você já se deparou com peças do marketing de proximidade, mas pode não ter reparado na influência dele para atrair novos clientes. 

Sabe quando há anúncio de restaurante em outdoors na beira da estrada, informando que em alguns quilômetros você pode fazer uma pausa para se alimentar? 

Esse é um dos exemplos que o marketing de proximidade proporciona. 

Antes de adotar um modelo estratégico para os anúncios, é importante pensar nos objetivos

Após isso, é necessário escolher qual mídia será utilizada, onde a campanha ficará, quais pessoas ela pretende atingir e utilizar dados sobre o local para embasar o anúncio.

Se o seu objetivo é atrair mais visitantes que estão próximos à sua empresa ou passando pelo local, por exemplo, o marketing de proximidade é uma boa opção!

Confira a seguir o que é o marketing de proximidade e veja como focar no hiperlocal pode ajudar em suas campanhas.

O que é o marketing de proximidade e o hiperlocal?

O marketing de proximidade é a estratégia de publicidade com foco em atrair pessoas que estão próximas ao estabelecimento. 

Interessado no hiperlocal, uma área geográfica bastante específica, esse modelo de campanha utiliza anúncios personalizados com base nas informações sobre a localização em que será veiculado. 

Os locais físicos, como shoppings, ruas e até mesmo estradas, são utilizados para impactar pessoas que estão próximas ao que está em destaque no anúncio.

Antes de veicular uma campanha do marketing de proximidade são realizados estudos sobre a região e o comportamento das pessoas que passam por ela.

Com isso, as pessoas que têm contato com os anúncios tendem a ser impactadas diretamente. Assim, a campanha conversa com o seu dia a dia ou com um momento específico.

Campanhas com marketing de proximidade geralmente incluem palavras como “estamos abertos agora”, para chamar os potenciais clientes para o estabelecimento.

Em uma viagem longa, na qual é preciso fazer pausas para comer ou ir ao banheiro, as pessoas serão impactadas se visualizarem outdoors mostrando a distância até o próximo restaurante ou posto de combustível. 

Assim, as chances de as pessoas finalizarem as compras ou consumirem o que é anunciado são maiores.

Em geral, esse tipo de anúncio leva a pessoa até a loja física que contratou a campanha. 

Nas campanhas de lojas em painéis dentro dos shoppings, por exemplo, sempre há o andar em que ela fica e se ela está aberta no momento. 

Além disso, o marketing de proximidade trabalha com a ideia de que o consumidor precisa do produto ou serviço naquele momento. Por isso, é comum encontrar anúncios publicitários com a distância entre o outdoor e a loja.

Por que usar o marketing de proximidade com foco hiperlocal?

Usar o marketing de proximidade para campanhas é bastante viável para o anunciante.

Uma das vantagens em adotar campanhas com foco no marketing de proximidade e hiperlocal é que o índice de conversão em vendas é maior que em outros tipos de publicidade.

Assim, o investimento com a publicidade de proximidade possui maior retorno para os anunciantes.

Uma pesquisa realizada em 2015 pela Associação de Publicidade Exterior da América mostra que 20% dos consumidores visitaram lojas anunciantes após encontrarem campanhas que utilizavam o marketing de proximidade.

Outra vantagem é que esses anúncios atraem quem já está perto. Dessa maneira, quem se interessar pelo produto pode se deslocar com mais facilidade até o estabelecimento.

Com isso, o consumidor pode tirar dúvidas sobre produtos e realizar uma compra com mais facilidade. 

Outdoors com os serviços que o estabelecimento oferece, com setas ou com o endereço do anunciante são muito utilizados no marketing de proximidade para levar o consumidor até o local.

Interatividade no celular e nas ruas

Se você chegou até aqui e pensa que o marketing de proximidade só pode ser utilizado em outdoor e cartazes, está um pouco enganado.

A tecnologia da geolocalização permite que campanhas de proximidade utilizem também anúncios no smartphone

Com base nos dados do GPS do celular é possível criar anúncios que aparecem na tela do aparelho. Quando o usuário passa por um local específico, a propaganda também surge no smartphone.

A partir dessa tecnologia, o mobility marketing permite combinar anúncios publicitários em outdoors e no smartphone de cada possível cliente. 

Uma prática bastante utilizada no marketing de mobilidade é criar campanhas em aplicativos de GPS, como o Waze ou o Google Maps. 

Quando o usuário está com o app aberto e passa pelo outdoor, o mesmo anúncio ou algum relacionado aparece na tela do celular. 

Campanha do McDonald’s utilizou o marketing de proximidade e o de mobilidade para levar os usuários ao restaurante mais próximo. 

A opção é uma boa estratégia para fazer que os clientes em potencial saibam mais informações sobre o local e até mesmo solicitem rotas no GPS para o estabelecimento. 

Esta tecnologia reforça o anúncio localizado em pontos fixos nas ruas e ajuda a levar o consumidor às compras ou a realizar uma ação, como acessar o site de pagamento do IPVA, por exemplo.  

Outra forma de utilizar o marketing de mobilidade nas campanhas de proximidade e hiperlocal é exibir notificações no aparelho com o conteúdo do painel.

Como usar o marketing de proximidade e hiperlocal na mídia OOH?

O marketing de proximidade pode ser muito explorado quando anunciado na mídia out-of-home (OOH). 

Utilizado para impactar pessoas com anúncios quando elas estão fora de casa, o OOH inclui campanhas veiculadas em outdoors, painéis digitais, relógios de rua, paradas de ônibus, cartazes dentro do transporte público e outros modelos.

Se o seu objetivo é atrair pessoas próximas à localização do seu estabelecimento, a maneira mais eficaz de fazer as campanhas é com o OOH.

Isso porque, se comparada com as campanhas na internet, por exemplo, o marketing de proximidade na mídia OOH atrai muito mais pessoas. 

Uma pesquisa da Statista mostra que cerca de 30% das pessoas nos Estados Unidos utilizam bloqueadores de anúncios na Web.

Com isso, a campanha online não impacta a quantidade de pessoas que deveria, o que acaba afetando o retorno financeiro para o anunciante.

Já no OOH, os consumidores se deparam com a campanha em um local físico, próximo à loja, organização ou marca anunciante. Com isso, as chances deles verem o anúncio são muito maiores que online.

Para ter o sucesso desejado no marketing hiperlocal com o OOH é preciso realizar um estudo de dados do lugar e do comportamento das pessoas

Saber posicionar o anúncio out-of-home no local ideal é muito importante para o resultado das campanhas.

Com as campanhas em OOH da Sierra Nevada posicionadas em locais estratégicos, como o estádio Gila River Arena, a marca conseguiu a vender mais cerveja (Foto: Divulgação/Sierra Nevada).

Campanhas que foram bem-sucedidas

Um exemplo bem-sucedido é o da Sierra Nevada, marca de cerveja norte-americana, que aproveitou outdoor e a mídia digital out-of-home (DOOH), como painéis digitais, para anunciar as bebidas. 

Os anúncios da marca foram posicionadas por diversas cidades dos Estados Unidos, em áreas que os clientes em potencial poderiam comprar. 

O resultado foi o aumento das vendas e do engajamento dos consumidores com a marca. 

O Spotify também utilizou o DOOH para criar campanhas de marketing de proximidade, bastante segmentadas, para atingir pessoas específicas. 

A campanha Laugh Together, traduzida como “Rir juntos”, foi veiculada em 2016. Nela, a plataforma de streaming utilizou os dados de localização dos usuários para criar anúncios com humor e relacionados ao que as pessoas daquela localidade estavam ouvindo.

A ideia da campanha era finalizar o ano com dados curiosos sobre a atividade dos usuários no Spotify. Com os anúncios, a plataforma conseguiu conectar as pessoas que já a utilizam com a marca, além de atrair possíveis novos clientes.

Spotify usou dados de localização e criou outdoor com a frase “Querida pessoa que tocou ‘Sorry’ 42 vezes no Dia dos Namorados, o que você fez?” (Foto: Divulgação/Spotify).

Gostou dos exemplos de marketing de proximidade? Confira em nosso blog outros conteúdos sobre o mundo do marketing e da publicidade, como esse sobre campanhas criativas

Deixe seu comentário:

Veja Também

Como fazer um briefing perfeito para sua campanha

O briefing é uma etapa fundamental na hora de planejar as campanhas publicitárias de uma marca, mas você sabe como fazer um briefing e por quê ele é tão importante?  […]

2021 e o OOH: tendências de marketing para sua campanha

O mundo da comunicação é um dos que mais muda com o tempo. A cada alguns meses é possível identificar novas referências e tendências de marketing que vão surgindo e […]

Tipos de segmentação: seja assertivo em suas campanhas

Os tipos de segmentação são cada vez mais utilizados na publicidade para criar campanhas assertivas. Com o uso de dados geográficos, demográficos, comportamentais e até mesmo psicológicos, é possível entender […]