07 outubro, 2019

Saiba como usar QR Code em suas campanhas de marketing

Criar mais interatividade e integrar os universos online e offline são metas de muitas empresas para as suas campanhas de marketing. Mas você sabia que existe uma ferramenta capaz de unir esses dois universos de uma maneira bem simples? Estamos falando do QR Code.

Embora ele não seja extremamente inovador, afinal já existe há alguns anos, pode-se falar de como usar QR Code de diferentes modos em campanhas de marketing e surpreender seus consumidores e público-alvo.

Ainda não usa essa tecnologia? Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre o tema!

O que é QR Code?

O QR Code é um símbolo relativamente conhecido de muitas pessoas. Semelhante a um código de barras, ele pode ser facilmente escaneado por qualquer smartphone com acesso à internet, por meio de aplicativos chamados QR Code readers.

A palavra QR Code vem do inglês, “Quick Response”. Dentro das suas linhas e barras, esses códigos podem armazenar uma série de dados, como páginas da internet, números de telefone, textos, sites, SMS e muito mais.

Hoje, o QR Code é uma tecnologia bastante usada e que está presente em vários pontos da nossa vida cotidiana, como nos estacionamentos de shoppings, em cardápios, etiquetas e, claro, nas estratégias de marketing, integrando o universo online e offline. Antes de descobrir como usar QR Code, confira como ele funciona.

Funcionamento

Como dissemos, para o QR Code funcionar, é necessário que ele seja lido e interpretado por um smartphone com um QR Code reader. Esses programas usam a câmera do celular para capturar a imagem do código e fazem a leitura do que está inserido dentro da imagem.

Todo QR Code é formado por uma espécie de quadrado que funciona como uma margem, delimitando onde começa e onde termina o código. Nos quatro cantos dessa margem é possível encontrar “caixinhas” menores, que são responsáveis pelo formato e pela função do código.

Assim, são nessas extremidades que constam a informação sobre o código possuir letras ou números e, ainda, o caminho que precisa ser percorrido para que ele seja decodificado.

Nas outras partes da imagem estão as informações da mensagem. Em geral, um QR Code conta com 8 bytes no máximo. Hoje, é possível encontrar uma grande variedade de QR Codes, em torno de 40 tipos distintos.

QR Code X Código de Barras

Embora guardem algumas semelhanças, o QR Code e o código de barras são tecnologias bastante diferentes.

O código de barras tradicional é composto por uma série de listras verticais escuras e claras acompanhadas de números. A leitura é realizada apenas com um scanner específico que transfere essa informação para o computador.

Já o QR Code é uma imagem que conta com pequenos desenhos geométricos pontilhados disposta em um quadrado com fundo branco. Essa imagem possui uma grande capacidade de armazenar dados e pode ser lida pela câmera de um smartphone (desde que ele possua o aplicativo de leitura instalado).

Ao contrário do código de barras, o QR Code pode ser lido mesmo se uma parte da sua imagem estiver cortada ou danificada, graças ao sistema de correção de erro.

Como o QR Code surgiu?

Conheça a história e saiba como usar QR Code em suas campanhas de marketing!

Como dissemos, o QR Code não é uma solução nova, já que a tecnologia foi desenvolvida em 1994 pelos profissionais da empresa Denso-Wave. No início, esses códigos eram usados apenas para a identificação de veículos dentro da indústria automobilística.

A empresa que desenvolveu o QR Code é uma filial japonesa da Toyota – e a tecnologia passou a ser empregada dentro das linhas de produção da marca para identificar componentes, subconjuntos e outros elementos, de modo a acelerar os processos produtivos.

Somente em 2003, a tecnologia passou a ser adicionada aos telefones celulares, graças à presença das câmeras fotográficas, que se tornam cada vez mais precisas e integradas.

No Brasil, o QR Code começou a ser usado apenas em 2007, quando a Fast Shop o usou pela primeira vez em um informe publicitário da marca. Menos de um ano após essa ação, outras empresas passaram a usufruir da tecnologia, como marcas de cerveja, operadoras de celular e até publicações em jornais impressos.

Inclusive, existem lojas brasileiras que utilizam o QR Code nas suas etiquetas de preço e oferecem uma experiência de compra mais inclusiva.

Como usar QR Code nas campanhas de marketing?

Não existe uma só maneira de responder à pergunta sobre como usar QR Code. Afinal, esse código pode ser usado em várias esferas da sua empresa, desde a linha de produção até o ponto de venda.

Na área do marketing, ele tem sido cada vez mais associado a campanhas interativas, que ajudam a integrar o on e o offline de uma maneira dinâmica e diferenciada. Assim, os consumidores que interagem com sua propaganda offline podem realizar ações na internet, como se inscrever em uma newsletter, participar de um sorteio, curtir as redes sociais ou acessar um site com mais informações sobre o produto.

Essa interatividade é extremamente importante na hora de transformar o valor das marcas e de trazer mais novidades e informações para os consumidores.

Além disso, é uma excelente oportunidade para os profissionais de marketing medirem o alcance das suas ações, porque o QR Code pode ajudar na avaliação de quantas pessoas se relacionaram com a propaganda ou se interessaram pelos produtos e serviços ofertados.

Materiais em que o QR Code pode ser usado

Existe uma série de itens nos quais você pode incluir o QR Code, como:

Como usar QR Code: dicas para uma campanha de sucesso

Mais do que apenas inserir o código, é preciso pensar em maneiras de como usar QR Code de forma estratégica. Ou seja, trazendo benefícios reais à marca, e não apenas como um “modismo” ou “tendência”.

Por isso, separamos algumas orientações importantes.

1. Conheça muito bem o seu público

Um exemplo de como usar QR Code: uma loja de brinquedos online criou um outdoor de peças LEGO que direciona o usuário à página de vendas da loja. Essa campanha aumentou as vendas de LEGO em 49%. Fonte: QFuse

Uma dúvida em relação a como usar QR Code é se ele realmente é vantajoso nas campanhas de marketing ou se é utilizado pelos consumidores. Isso dependerá muito do público que você deseja atingir – e do quanto ele está familiarizado com esse tipo de tecnologia.

Ainda que o QR Code não seja nenhuma grande novidade tecnológica, ele exige certo conhecimento para a sua leitura, como o smartphone com o aplicativo de leitura. Algo que é muito usual para adultos e adolescentes, mas pode não ser tão conhecido por um público mais velho ou que não tem o costume de usar o celular.

Alguns nichos também são mais favorecidos com o uso do QR Code, como games, tecnologia, saúde, moda e estilo de vida. Outros pontos de segmentação podem incluir faixa de renda, consumo de mídia e dados geográficos.

Quanto mais informações sobre o seu público você tiver, mais fácil será definir se essa é a melhor solução para suas campanhas ou se vale mais a pena investir em algo simples, como o link do site estampado no anúncio, por exemplo.

Em alguns casos, vale a pena também pensar em soluções que eduquem a clientela para usar o QR Code, até que essas pessoas estejam familiarizadas com essa tecnologia e possam aproveitá-la melhor em campanhas mais elaboradas.

2. Integre o QR Code à mensagem

Em dúvida sobre como usar QR Code? A rede de fast food Taco Bell junto com a ESPN criaram uma campanha para promover a Bowl Championship Series, um campeonato de futebol americano, que direciona o usuário aos jogos e à programação. Fonte: Scanova

Infelizmente, o QR Code não é uma tecnologia amplamente utilizada, então, empregá-la solta e sem nenhuma integração não trará os resultados esperados. A dica é evitar que o QR Code seja a parte principal do seu conteúdo.

Você pode usá-lo como um complemento à informação principal, orientando os consumidores a continuarem a interação com a propaganda em outro local (site, landing page, redes sociais etc.).

Portanto, na hora de montar a sua propaganda, use o conteúdo impresso para passar uma parte da sua mensagem e indique informações adicionais ou outras ações complementares que podem ser feitas pelo QR Code.

Assim, a tecnologia poderá servir como um “plus” às suas ações, trazendo mais interatividade para aqueles que realmente desejam ter esse contato mais próximo com a marca.

3. Teste a solução antes de publicá-la

Se você não tiver cuidado, o seu QR Code poderá trabalhar contra sua ação publicitária. Por isso, é muito importante testar, checar e conferir várias vezes se tudo está funcionando como deveria antes de publicar a ação.

Você não vai querer que seus possíveis consumidores sejam direcionados para uma URL que não funciona ou para um vídeo que não possui relação alguma com seu produto, certo?

Lembre-se que o tempo do seu público é escasso e que é preciso realmente oferecer algo significativo e valioso que justifique a presença do QR Code.

4. Torne o QR Code mais acessível

Mesmo tendo certeza que o QR Code é adequado ao seu público e que tudo está funcionando, é uma boa ideia se prevenir. Ou seja, tornar sua ação publicitária mais acessível.

Isso significa incluir, junto do QR Code, o link encurtado que dá acesso ao mesmo conteúdo ou ação. Pode até ser que em algumas aplicações isso seja mais difícil, mas na maioria dos casos, é possível oferecer mais de uma via de acesso.

5. Seja criativo

A rede Emart posicionou alguns QR Codes que só poderiam ser escaneados em um horário específico por conta da sombra, e que levavam o usuário a cupons de descontos e outras ofertas. Um ótimo exemplo de como usar QR Code de maneira criativa. Fonte: Heavenly Designer

Essa, sem dúvida, é uma das dicas mais importantes de como usar QR Code. É preciso que a tecnologia tenha um objetivo. Não adianta incluir o código e levar o seu consumidor para um local com conteúdo irrelevante ou que o faça perder tempo.

O trabalho de abrir o telefone, escanear o código, abrir o aplicativo e etc. precisa valer a pena e trazer algo de significativo para essas pessoas, como a chance de participar de uma promoção, um lançamento exclusivo, brindes, um vídeo interessante, mais informações sobre o produto, entre outros.

6. Acompanhe os acessos e metrifique os resultados

Como dissemos, o QR Code é uma ferramenta valiosa para os profissionais de marketing, já que ajuda a entender como as pessoas estão se relacionando com sua ação publicitária.

Então, use esses dados a seu favor. Acompanhe constantemente como está sendo o acesso da página de destino, analise quais páginas foram visitadas, o tempo médio dessas visitas e se o QR Code interferiu na taxa conversão de determinada campanha.

Ideias criativas de como usar QR Code na publicidade

Se ainda não ficou claro como usar QR Code nas ações de marketing da sua empresa, veja algumas iniciativas que separamos para servir de inspiração.

QR Code nos telhados

Essa campanha do Facebook direcionava o público a uma página de “espera” (a página ao lado) através do código. Um exemplo de como usar QR Code em telhados. Fonte: The Verge

Essa campanha do Facebook direcionava o público a uma página de “espera” (a página ao lado) através do código. Um exemplo de como usar QR Code em telhados. Fonte: The Verge

Algumas empresas têm investido em pintar QR Codes nos telhados das suas sedes. A ideia é aproveitar as câmeras de satélite, fazendo com que o código se torne visível para usuários do Google Maps e do Google Earth. Assim, essas pessoas podem saber mais sobre os negócios locais, sendo redirecionadas para o site da empresa ou redes sociais. Mas vale lembrar que as imagens são atualizadas pelo Google anualmente.

QR Code nos comerciais de televisão

Outra novidade que está sendo implantada nos Estados Unidos é aplicar o QR Code nos comerciais televisivos. A ideia é oferecer mais profundidade às propagandas, que geralmente têm uma limitação de tempo. Outro exemplo é o The Weather Channel que, durante a previsão do tempo, mostra um QR Code na tela que permite que os usuários tenham informações mais detalhadas sobre o clima de sua região.

Distribuição de brindes e prêmios

A empresa brasileira Rei do Mate desenvolveu uma campanha bem bacana com o QR Code, que combinava um concurso cultural com a distribuição de brindes nos seus pontos de venda. Os copos nos estabelecimentos da rede continham um QR Code que permitiam ao público acessar uma página específica, em que se inscreviam e incluíam sua frase criativa no concurso.

Já deu para notar que existem muitas possibilidades de como usar QR Code nas ações de marketing, não é mesmo? Com criatividade, é possível integrar on e offline e levar mais conteúdo e interatividade ao seu público, destacando sua marca no mercado.

Gostou deste conteúdo? Quer levar essa solução para o seu negócio? Saiba como a Três Meios pode ajudar!

Deixe seu comentário:

Veja Também

Como fazer um briefing perfeito para sua campanha

O briefing é uma etapa fundamental na hora de planejar as campanhas publicitárias de uma marca, mas você sabe como fazer um briefing e por quê ele é tão importante?  […]

2021 e o OOH: tendências de marketing para sua campanha

O mundo da comunicação é um dos que mais muda com o tempo. A cada alguns meses é possível identificar novas referências e tendências de marketing que vão surgindo e […]

Tipos de segmentação: seja assertivo em suas campanhas

Os tipos de segmentação são cada vez mais utilizados na publicidade para criar campanhas assertivas. Com o uso de dados geográficos, demográficos, comportamentais e até mesmo psicológicos, é possível entender […]